Deu pro gasto

Num jogo que parecia fácil, mas que se tornou difícil no seu finalzinho manteve o Vitória na busca do título do Nordestão 2014 (Vitória 2 X 1 Confiança-Se). Logo ao entrar em campo a torcida percebeu que havia algumas novidades na escalação o que levou a uma forma diferente de jogar. Num primeiro tempo de um jogo onde o Vitória mandava, mas não fazia gols. A primeira etapa foi salva pelo belíssimo gol de falta de Airton, aos 33 minutos. Esforçado, Juan não estava nos seus melhores dias, já Alan Pinheiro esteve
irreconhecível ontem. Estava perdido dentro de campo e chegou a comprometer o desempenho do time quando em seus erros de passes (que foram muitos) causaram os únicos contra-ataques do Confiança no primeiro tempo. Vendo o que acontecia Ney Franco logo na volta pro segundo tempo os substituiu por William Henrique e Willie, respectivamente. Após a marcação do segundo gol aos onze minutos do segundo tempo, com Willie aproveitando um rebote do goleiro do Confiança, e diante de um panorama bastante favorável para o rubro negro baiano, Ney Franco aproveitou para sacar Escudero que havia sido lembrado pelo Departamento Médico que precisava ser poupado para evitar lesões, gastando ali a sua última substituição. Aí ocorreu o que não estava no “script”, Euler que vinha bem e revezava com Juan no meio e na lateral se contundiu e teve que ficar em campo no sacrifício. Aproveitando-se da situação, o técnico do Confiança colocou Geraldo no time, este além de dá melhor toque no meio do time sergipano, visivelmente caía pela esquerda se aproveitando da lesão do lateral rubro negro, e dali saiu o gol do Confiança e todos os ataques que causaram terror nos minutos finais do jogo obrigando a Wilson realizar importantes e decisivas defesas. Em tempo queremos registrar aqui o nosso repúdio às vaias deferidas por parte da torcida rubronegrabaiana ao atleta Artur Maia, por saber que Artur não teve culpa nenhuma pela falta de ação do time logo após a marcação do segundo gol do Vitória. Ao mesmo tempo pedimos que a Comissão Técnica que oriente William Henrique a jogar com objetividade, pois em dois lances ele perdeu a oportunidade de dá o passe ou fazer o gol por puro preciosismo e estes gols nos faltaram no final

1 Comentários

  1. galera do blog, embora o sujeitinho OSNI faça parte de um time historico do leão ele não mereçe nosso respeito torçe pela sardinha e sempre alfineta nosso leão.por favor tirem a foto e noticias do canalha, já.

    ResponderExcluir