Num dia de futebol irreconhecível o Vitória na raça se supera conseguindo, de virada, uma importantíssima vitória que o manteve na sexta colocação bem pertinho do G4. Jogando assim quem apareceu mais uma vez foi Wilson que fez belas defesas, garantindo a retaguarda do Vitória.   
Coincidência ou não, a queda de produção de Renato Cajá reflete na queda de rendimento do rubronegrobaiano na competição. Hoje o
Renato Cajá chegou a ser vaiado pela sua torcida, e na saída do intervalo saiu reclamando das vaias que acabara de receber, devido a insatisfação com sua performance, o que Caio Jr. concordou, pois Renato Cajá mais uma vez não retorno para o gramado no segundo tempo sendo substituído por Camacho.
Além da queda de produção do conjunto, outro destaque negativo foi o Daniel Borges que não tem categoria para substituir o Nino Paraíba que graças a Deus está prestes a voltar a jogar, vindo de mais uma lesão. O jovem lateral direito estar acanhado falha tanto na proteção da defesa como no apoio ao ataque. Péssimo. Já Danilo Tarracha vem evoluindo e com categoria fez o gol de empate (1X1). Já o zagueiro Fabrício, que entrou no lugar do volante Edson Magal de falta fez o segundo gol definindo a partida (2X1).
Torcemos logo pela volta de Nino e que Renato Cajá reencontre o seu futebol para que voltemos ganhar as partidas jogando um futebol convincente o que definitivamente não ocorreu hoje. Isso é normal, pois o campeonato é longo e todas as equipes terão altos e baixos, porém cabe a Caio Jr. corrigir e redirecionar os seus comandados.

Boa sorte pra nós!