Profissionalismo é a receita para nos mantermos grande

Garotada do SUB-20, Campeão da Copa do Brasil 2012
Depois de curtimos o nosso acesso à Série “A”, o Esporte Clube Vitória tem um brinde todo especial ao grande trabalho, que já há muito tempo mostra o nosso Vitória ao mundo, o título da Copa do Brasil  conseguido pela garotada do SUB-20. Se não conseguimos, ainda com o Departamento de Profissionais, mas este título desenha para o nosso Vitória um futuro super promissor.
Aí nos vem uma pergunta:
Então o que nos falta para que esse título aconteça com os nossos profissionais?!
Se o Vitória de 1993 que se tornou Vice-Campeão Brasileiro só não conseguindo passar pelo time do Palmeiras, que naquela época contava com um super investimento da empresa italiana PARMALAT, o time do rubronegrobaiano já possuía na sua equipe Alex Alves, Dida, Vampeta, Paulo Izidoro, peças importantes daquele time e que vinham desta mesma base, e de lá para cá quase vinte anos se passaram e o nosso Vitória não mantém um padrão em suas participações em torneios nacionais, oscilando da 3ª Divisão do Brasleirão em 2006  à Vice-Campeão da Copa do Brasil 2010. Não dá para sermos apenas um clube revelador de craques. Temos que da condição de "produtor de craques" buscarmos ser colecionador de títulos o que é totalmente viável pelas nossas condições. Com uma estrutura de Centro de Treinamento para profissionais e sua base excelente, com Estádio próprio, e com uma torcida apaixonada e que cresce a cada dia, falta-nos apenas uma gestão que planeje a médio prazo as participações do Vitória em todos os torneios anuais, nacionais ou não, para que o clube mostre-se grande como Vitória é.
E para que isso aconteça basta-nos agirmos com profissionalismo sempre, tanto nas contratações de atletas, como na manutenção de atletas da base para o profissional, como na venda de atletas, e até na escolha do perfil dos técnicos contratados.  

1 Comentários

  1. O Barradão é um alçapão? É!!! Porém, muitas e muitas vezes, tem sido para o próprio Vitória, que perdeu partidas e títulos importantes dentro de casa.

    A impaciência da torcida é a causa. Vaias, em vez de incentivos, pressiona o time em campo e tranquiliza o adversário.

    Torcida dentro do Barradão é pra jogar com o time o tempo todo, incentivando, aplaudindo, até o último apito do juiz!

    Depois do jogo.... é outra história, terminou a partida.

    ResponderExcluir