Tinha o São Caetano no meio do caminho. "No meio do caminho tinha uma pedra!"

Ricardo Silva promete mudar a cara do time

Virou tabu para o nosso Vitória vencer do São Caetano na fase decisiva do campeonato. Todos nós lembramos de nosso tropeço que consequentemente nos tirou o acesso em 2011 quando perdemos para o mesmo São Caetano dentro do Barradão na penúltima rodada, nos deixando a 1 ponto da Série “A”. Desta vez acreditamos que alcançaremos o acesso, porém mais uma vez perdemos para o azulão paulista e dentro de casa de novo. Só que dessa vez o Vitória vem contando com uma ajuda
especial, a dos “deuses do futebol”, que nessa última rodada o manteve em sua posição no G4 com a derrota do Goiás segurando-o com um 1 à frente, mas que pode ser ultrapassado hoje pelo Criciúma, se este ganhar do Guarany em Campinas-SP. Com o time catarinense ganhando ou perdendo não importa, estarão todos embolados no G4 podendo ainda o Atlético-PR atingir hoje os 62 pontos se ganhar do Guaratinguetá em Curitiba, indo para G4 distante apenas 4 pontos do Vitória, e ainda tem o São Caetano que ficaria em 5° com 61 pontos, a 5 pontos do nosso rubronegroibaiano.

O time

Como dissemos na última rodada não mudou nada dentro de campo o nosso time vem tendo uma performance sofrível longe do que fizemos no primeiro turno. E para piorar Pedro Ken, que é apelidado pela imprensa de “maestro” saiu de campo contundido e passa ser preocupação para a comissão técnica. Já Ricardo Silva terá uma semana completa para trabalhar (que começa no domingo com treino) e tentar dar outra cara a esse time que está tão perto de conseguir o acesso à elite do futebol nacional, mas está tão longe de suas melhores performance da primeira fase. Jogaremos sábado em Bragança Paulista contra o Bragantino  precisando mais uma vez ganhar para carimbar o “passaporte” de acesso à Série “A”.
Boa sorte para nós! 

0 Comentários