Vitória ainda bem longe do ideal


Carpegianni perto de fechar com o Vitória

Não bastasse a irregularidade do time desde o início da temporada, o que ainda perdura nessa semifinal, agora a Diretoria encontra dificuldades para contratar um técnico, e como pedinte tenta encontrar o um nome para o comando técnico do Vitória. Depois da recusa de Paulo Cesar Carpegianni, foi a vez Márcio Araújo, e agora
é Jorginho. Da lista de quatro técnicos resta apenas Valdemar Lemos. Mas fala-se que Carpegianni poderá aceitar faltando apenas o acerto salarial. Toda essa situação seria ridículo se o Vitória não estivéssemos na Segunda Divisão, mas como não estamos na elite do futebol os profissionais preferem dá uma esperadinha, até mesmo porque o Brasileirão ainda não começou, e ao findar as Campeonatos Estaduais àqueles times que não se saírem bem vão, na lógica dos dirigentes do futebol brasileiro, demitir muito técnico o que obviamente faz aparecer muito time sem clube e aí os profissionais têm a oportunidade de fechar seus contratos com direito a escolha e ainda viver ao lado de suas famílias.
Mas uma coisa é certa, o entra e sai de técnico no Vitória nos últimos anos é algo que já incomoda a torcida e certamente deve ser ponto para reflexão de qualquer técnico quando é procurado pelo rubro negro baiano. A média de técnicos contatados por ano pelo Vitória aproxima-se de cinco treinadores. 
Planejamento é algo que não é praticado no Vitória.
É uma pena!

2 Comentários

  1. concerteza
    e ainda venho da ipotese de que time que esta ganhando e com espectativas de jogos nas quais estão sendo feitos eu deicharia ricardo silva mesmo pois ele esta sendo o unico que esta sabendo administrar o time com garra e determinação

    ResponderExcluir
  2. pois é ,se dependese de vc o vitoria estaria na mesma merda,hoje carpegiene esta invicto no barradas e é quem mais ganhou jogos fora,ta vendo ai papagaio de imprensa kkkkkk
    paulo pimenta

    ResponderExcluir