Acalmou!

O ambiente na Toca do Leão deve se acalmar depois do triunfo indiscutível que o Vitória teve neste final de semana. Nada está resolvido, porém temos que manter o ritmo e conseqüentemente evoluir o time para competir bem a Série “B” e adquirir o acesso tão desejado. No Baianão estamos no páreo e devemos nos manter no G-4 para até mesmo manter a receita do clube que possui um plantel de custo alto para competição estadual, além de um nível técnico acima da média do torneio. Para sermos campeão dependerá muito dessa evolução que esperamos que a equipe venha a ter.
O jogo     
Não sabemos o porquê que não vínhamos fazendo aquilo que ontem foi visto no Barradão. A única ressalva que fazemos no jogo de ontem foi a quantidade de gols perdidos por Marquinhos, o que achamos inaceitável. Marquinhos que conseguiu servir bem o ataque dando passes que acabaram em gols, não pode perder gols como os que ele perdeu ontem.
Neto Baiano fez o que se espera de um atacante. Fez três gols e voltou a figurar sozinho na artilharia do Campeonato Baiano e do Brasil com 14 gols.
A bela surpresa foi a boa participação do zagueiro Gabriel que foi coroada com um belíssimo gol, “matando” uma bola de escanteio no peito e sem deixar cair arrematou no canto do gol de Marcos Paulo marcando o terceiro gol da goleada de 5 X 0 no Atlético de Alagoinhas.
Jogamos bem e ganhamos com: Douglas; Romário (Nino Paraíba), Rodrigo (Dankler), Gabriel e Léo; Michel, Mineiro, Lúcio Flávio (Geovanni) e Arthur Maia; Marquinhos e Neto Baiano.
Com a goleada Cerezo ganha tempo e tranqüilidade para, com o conhecimento técnico que possui, arrumar a equipe e fazê-la a voltar a jogar bem. Tornar o nosso Vitória um time de um clube grande que somos.

0 Comentários