Precisamos jogar mais e falar menos

Avaliando o início da temporada do Vitória, notamos que apesar de vermos o nosso time tocando bem a bola, enxergamos também a dependência que a equipe tem de Rildo com sua velocidade. Achamos normalíssimo o empate com o Feirense, pois era a primeira partida do ano, mas empatar com o Itabuna (0X0) dentro de casa foi no mínimo horrível. É certo que muita gente chegou na Toca e ainda não reuniu condições de jogo, mas o time do interior é muito fraco para conseguir àquele resultado de domingo.
Foi puro vacilo

Falastrões

O Uelinton apesar de ser bom jogador parece-nos que não tem um completo dicernimento do que é uma torcida apaixonada como a nossa. Use a cabeça Uelinton e aproveite para ficar caladinho. Faça o que você de melhor que é jogar futebol, porque falando você é um desastre. Como é que você do nada fala que até no outro lá você jogaria, e ainda acha que ficaria tudo tranquilo?! A sua fama de barqueiro agora somou-se à de traidor para a galera.
Uelinton, você e mas ninguém é o culpado dessa atual situação sua na Toca. A torcida até exagera, mas aí fica por conta de nossa paixão por esse clube que o projeta.
O outro papagaio falante do Vitória é o Neto Baiano. Será que ele acreditava que marcaria dois, três gols por jogo. Ele andou atravessado na garganta dos rubro negros com a tal história de querer ir jogar no Japão. Só tirou essa idéia da cabeça quando aconteceu o tisunâmi. E agora depois de prometer mais três gols para o jogo passado, o que só assanhou o adversário, como o próprio goleiro do Itabuna, o Baggio, comentou na imprensa.
Jogue mais e fale menos.

Esperamos que amanhã retornemos a ganhar para tranquilizar essa etapa de construção de um time forte para o Vitória 2012.  

    

0 Comentários