A mão de Toninho Cerezo


Ao iniciar o ano de 2012 para o Vitória, vimos o quão é importante tratar as negociações, tanto de venda como de contratações, com os pés bem no chão. Sabemos da grandiosidade do nosso Vitória, que temos uma excelente estrutura para a prática do futebol profissional, etc. Mas estando nós na segundona do Futebol Brasilero a coisa não se mostram tão  fáceis para nós. A principal argumentação dos atletas e seus empresários para não aceitarem vir
para a Toca é a justificativa de estarmos na Série "B". Foi assim com Lima, KiezaEduardo RamosZé Roberto. Este último adoramos a recusa dele por conhecê-lo como um jogador barqueiro (bom jogador mas não é atleta; adora a balada). Destes nós ficamos sabendo, e muitos outros só Drummond sabe.
Ainda bem que com a habilidade de Newton Drummond estamos iniciando o ano com boas e criteriosas contratações. Mantivemos uma boa base do ano passado (Douglas, NinoLucio FlávioGeovanniMarquinhosFábio Santos e Rildo), juntamos aos atletas da casa (Neto Baiano, ÍndioUelinton, MineiroNeto CorujaEsdras, e outros). Além de eliminarmos alguns equívocos feitos em constratações de 2011. Já contratamos seis bons jogadores (o goleiro Renan, o zagueiro Vitor Ramos, o ala Welington Saci, volantes Michel e Robston, o atacante Dinei; e ainda esperamos as confirmações de Rodrigo e Pedro Ken). Essa lista está agradando a todos pelos currículos que os profissionais trazem. É preciso mencionar que são atletas jovens e em plena forma física, bem diferente do que ocorreu no ano passado.
COMEÇOU O BAIANÃO
Empantando em 1 X 1 com o Feirense com gol de Mineiro, foi o ponta pé inicial dado pelo 
Vitória para a temporada de 2012. Normal para o primeiro jogo. Estava lendo a coluna de Moisés Suzart no jornal A TARDE, quando vi que a visão que ele teve foi a mesma que nós tivemos do jogo de ontem do Vitória Muita troca de passes e jogando com a bola no chão. Sem chutões. Esta é a nova filosofia do Vitória de Toninho Cerezo. Vendo a mão do treinador no primeiro jogo oficial da temporada e conhecedores do potencial do nosso técnico nos acende a esperança de que 2011 passou e é passado, e que em 2012 viveremos dias de alegrias com as conquistas do nosso Vitória.
Boa sorte pra nós!  

0 Comentários