Basta ganhar. Não precisa convencer!


Depois de assentada a poeira após a realização da 33ª rodada da Série “B”  é muito bom colocarmos os pés no chão para encararmos a vida sem muita empolgação. A condição de subirmos para a elite nunca foi tão palpável para o Vitória. Mesmo com as desconfianças nossas e de muitos. Falamos ‘tão perto’, pois

classificados estão Portuguesa e Ponte Preta. Nem o Náutico com 57 pontos pode relaxar se não!!!

Dissecando o nosso momento

Conseguimos uma excelente aproximação do G-4 às custas de um jogo feio no qual tivemos muita sorte [coisa dos vencedores] em sairmos com uma vitória histórica. O importante neste jogo é que a equipe ganhou respeito perante aos próximos adversários, inflamou a torcida, e mais, a vitória elevou do ego dos atletas que já se mostravam em alguns momentos cabisbaixos. Isso era visível no rosto do experiente zagueiro Jean que marcou o segundo gol no triunfo: BOA 1 X 2 Vitória.
Benazzi tem o time nas mãos, mas para encaixar três vitórias dentro de casa em cima do Salgueiro [na sexta], depois Criciúma e São Caetano, terá que ousar no ataque sem ser displicente com a retaguarda. Temos que jogar como time grande joga dentro de casa. Temos que ser donos da situação.
O ôba ôba, o vamo subir nêgo!!! deve ser nosso nas arquibancadas e não do plantel dentro de campo. Aí é onde a experiência dos nossos atletas trintões pode ser fundamental a nosso favor.

A mão do santo

Dois dias antes de ganharmos para o BOA Esporte [28/10] foi o dia de São Judas Tadeu “o santo das causas desesperadas”, que certamente intercedeu pelo nosso desesperado rubro negro baiano, dando novas expectativas para o nosso time fazendo-nos vislumbrar horizontes tão desejados.

Desconfiados

Para que se confirme toda essa transformação da situação do Vitória na Série “B 2011 é necessário ganhar, ganhar e ganhar. Não precisa convencer como aconteceu no último jogo.  
Basta ganhar! 

0 Comentários