Cadê o profissionalismo?!


Não temos mais nenhuma dúvida que o profissionalismo ainda não atingiu o ápice no nosso Vitória. É tudo feito sem planejamento, e basta ver o nosso plantel quando entramos no campeonato e como está hoje com quase 30% do campeonato passado.
Não é que estamos achando ruins as contratações. Seríamos loucos se pensássemos assim. Mas é que está tudo bem claro que se tinha um planejamento as contratações  Marquinhos, Geraldo, Chiquinho (foto), Edu, Fernandinho, Lúcio Flávio, Pablo, Renan, Jerson, Xuxa, Zé Luis, Mauricio, Fernando e Felipe Alves, além do técnico Geninho, tinham que estar aqui na Toca do Leão antes da bola rolar na Série “B”. Rodrigo Mancha chegou
depois, mas a sua chegada intempestiva foi resultado da negociação de um “prata da casa”, o Elkeson. São catorze (14) jogadores contratados em maio, junho e julho, e ninguém sabe se ainda vai chegar mais. A galera vai gostar de ver um time forte no restante do campeonato, mas um bom planejamento criará um clube auto-sustentável. Sem dúvida nenhuma!  
Temos tudo para subir para Série “A”, mas isso não é profissionalismo não. Não adianta dizer que: Ah! Os outros clubes brasileiros também fazem assim.
Os outros são os outros. Nós somos Vitoria!            

0 Comentários