Infelizmente temos que dar "tempo ao tempo"


Sem querer ser otimista nem persimista com a re-construção que o Vitória vem fazendo agora no início da série “B”, nós acreditamos ser bastante normal o placar de 1X1 entre Vitória e ABC na última terça-feira, no Barradão.
Por quê?!
Olha, é um início, ou re-início. E por ser começo de um novo “planejamento” (o colocamos entre aspas, porque planejamento é palavra inexistente no vocabulário de nossos dirigentes), as coisas não se encaixam dentro do desejo daquele que tem o comando das ações, no nosso caso do Geninho.
Do nosso time que jogou o Baianão hoje como titular só temos Nino Paraíba, Alison, Geovanni, Neto Baiano e Rildo. E este só entrou como titular no último jogo. E como Fernando (ex-Mirassol), Maurício (ex-Palmeiras), Zé Luiz (ex-Atlético-MG), Rodrigo Mancha (ex-Botafogo), Jérson (ex-Guarani-CE), Xuxa (ex-Mirassol), Edu (ex-Internacional), Marquinhos (ex-Flamengo), Fernandinho (ex-Atlético-MG) Pablo (ex-Sport-PE), Marcelo (ex-Atlético-PR), e outros que ainda não chegaram, vão jogar um futebol uníssono se estão se conhecendo agora. Jogando apenas uma, duas ou três partidas juntos eles não estarão aptos a nos colocar na série “A”, isso demanda tempo e é exatamente tempo o que nós torcedores rubro negro não temos. Nós queremos ganhar do início ao fim, se for possível. Mas nós estamos vendo que não é possível ganhar sempre, principalmente desentrosado como estamos.
Galera rubro-negra temos que dar o que não temos para vermos o nosso time equilibrar-se na produção dentro de campo e voltarmos a ganhar os jogos, e ganhar bem, no caminho de volta à série “A”. 
É!!! Falta um pouco do terrível tempo.
  

0 Comentários