Deixemos o tal favoritismo de lado...


Nem jogamos o primeiro jogo da Série “B” 2011 e já nos vêm a falácia que o Vitória é um dos favoritos para ser campeão do torneio e blá blá blá.
Chega!!!
Quem morre de véspera é peru e o nosso Leão não vai entrar nessa de novo, não!
Costumamos aprender mais com as derrotas do que com as vitórias. As vitórias costumam esconder as falhas, os pontos fracos e é só alegria. Já nas derrotas as lições são melhores aprendidas, pois elas nos expõem os erros e acertos. Tudo enfim. Então aproveitemos as duras lições (vice da Copa do Brasil 2010; queda para série “B”; saída prematura da Copa do Brasil 2011; e o fatídico vice campeonato baiano 2011) para retornarmos a elite do futebol brasileiro.
Precisamos ter os pés bem no chão para atingirmos a nossa meta, que não é sermos campeões, mas conseguirmos a ascensão a Série “A” 2012. Sermos campeões será pura conseqüência do desenvolvimento de um bom trabalho durante a competição.
Todos sabem que nossa torcida (a torcida rubro-negra), possui uma reação estranha quando o time cai pelas tabelas. É preciso manter-se bem na competição para que tenha a presença garantida da torcida nas arquibancadas. Isso é histórico. Não precisa dar discusso que a torcida tem que apoiar. É só fazer um bom campeonato que estaremos lá no Barradão apoiando. Isso é certo.
Cabe agora à Diretoria de Futebol vender bem o Elkeson, que sabemos não vai ficar, e buscar mais umas três contratações para fechar o grupo. É aí onde entra Geninho, Ricardo, Edenilson e toda equipe técnica para deixar o time pronto técnica, psicológica, e fisicamente para encararmos essa empreitada que não é fácil.
Ganhar o primeiro jogo é sempre importante, e principalmente jogando em casa, pois cria motivação (para o time e a torcida) que é um aspecto muito valioso para um campeonato com trinta e oito jogos difíceis.
Boa sorte para nós!       

0 Comentários