Foto: atradeonline
Começamos bem porque ganhamos, mas o nervosismo estava à flor da pele. Era visível o peso de ser o primeiro jogo da caminhada de volta à Série “A”, e pior ainda vindo de um desastre atrás do outro como foram as maratonas da Copa do Brasil e Baianão de 2011. Ricardo Silva “o nosso Severino”, mais uma vez mostrou que tem jeito pra coisa e que também conhece o plantel, e sem usar nenhuma das novas contratações armou a equipe. Como já havíamos pedido aqui no blog a Antonio Lopes, e este não o fez, Ricardo sacou o Nikão e colocou Neto Baiano que mais uma vez resolveu com seu gol. Já não entendemos da nossa torcida as vaias dadas a Elkeson, pois quando se está vendendo algo tende-se a valorizar o produto, e neste caso o nosso atleta. Nós também não queríamos que ele saísse, mas...
Perguntamos àqueles que vaiaram Elkeson ontem:
                                                                               Foto: atardeonline
E o que é que ele tem a ver com os cofres baixos do Vitória?!
E o que é que ele tem a ver com as nossas necessidades de reforços para retornar a elite do futebol brasileiro?!

Numa fase como essa do VITÓRIA, é de vender o que se tem de melhor. E Elkeson é o que temos de melhor, ou melhor, o que tínhamos de melhor para encher os cofres e trazer reforços!

PARABÉNS Elkeson! A torcida rubro-negra te agradece! Seja feliz!
    
Para o senhor Eugênio Machado Souto, o Geninho, o jogo mostrou tudo. O psicológico, o moral, a auto-estima dos nossos jogadores estão lááááá embaixo! É professor!!! Mãos à obra.